Turista holandês é mordido no pênis por uma cobra durante um safári

© Shutterstock

Um safári pela savana da África do Sul se transformou em um pesadelo completo para o turista holandês. O turista de 47 anos foi mordido no pênis por uma cobra venenosa durante um período de descanso. O homem precisava de uma cirurgia urgente e foi resgatado a tempo.

tgFonte: De Telegraaf, m

As imagens do relatório médico, que o jornal holandês De Telegraaf pôde ver, deixam pouco para a imaginação. Os médicos que tratam dizem que o homem foi salvo por uma cirurgia de emergência. Caso contrário, ele não teria sobrevivido.

O homem teve que urinar durante um safári e se isolar do resto do grupo para se esconder nos arbustos. De repente, eles ouviram gritos de dor. Normalmente as cobras mordem os membros, mas essa pessoa tinha os dentes no pênis do holandês. Ele imediatamente começou a inchar e mudar.

Após o acidente, o turista teve que esperar pelo menos três horas para que um helicóptero o levasse ao hospital mais próximo, a cerca de 350 quilômetros de distância. Ele estava com fortes dores e teve que vomitar várias vezes.

O holandês sofria de necrose escrotal, uma doença fatal causada por bactérias que infectam os tecidos. A condição conhecida como “bactérias comedoras de carne se espalha rapidamente” requer tratamento imediato com antibióticos e anti-veneno de cobra. Se isso não for feito a tempo, os tecidos do corpo estão ameaçados de morte

O cara teve sorte. A toxina pode ser neutralizada e o tecido doente removido e substituído por tecido da coxa por meio de um procedimento cirúrgico.

O “culpado” era uma cobra, um espécime altamente venenoso encontrado no sul da África e em partes de Moçambique e do Zimbábue.

A vítima já se recuperou.

READ  Elefante mata caçador em parque de vida selvagem da África do Sul

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

guiadigital.info