Quinta vertical no centro de Lisboa

“Quando o vírus Corona se espalhou e as cadeias de suprimentos foram interrompidas, era difícil manter o suprimento de alimentos e dependíamos fortemente de produtos locais. A agricultura vertical ofereceu a oportunidade de mudar a maneira como abordamos a produção de alimentos. Em muitos setores, é hora de construir alguma coisa”, disse Emiliano Gutierrez, CEO e Cofundador da Fazenda Raiz, Assim começou nossa aventura.

O objetivo da Raiz Farm, uma startup de agricultura vertical sediada em Lisboa, é responder aos desafios na relação entre água, alimentos e energia. O conceito é uma mistura de ideias e ilustrações de todo o mundo. Atuando no setor de energia, construindo soluções para fontes de energia descentralizadas, Emiliano viu no alto consumo de energia da agricultura indoor uma oportunidade de construir algo mais eficiente.

Fazenda conceito
A quinta de Rice está neste momento a procurar apoio através de uma campanha de crowdfunding para construir a quinta-conceito, que deverá estar pronta em junho de 2022. A quinta está a ser construída no Beato, o novo coração criativo de Lisboa na antiga zona industrial da cidade. Na primeira fase, serão utilizadas 6 unidades agrícolas com área de 18 m2, com capacidade prevista de expansão com outros oito sistemas. Assim que o financiamento for garantido, a equipe poderá cultivar mais de 9.600 plantas anualmente para consumidores, restaurantes e o Exército da Salvação.

A Fazenda Raiz utiliza barris hidropônicos 3D NFT com média de 144 plantas por sistema. Emiliano explica que é eficaz e fácil de usar, pois as raízes ficam penduradas livremente sem entupir o sistema e o aparelho não precisa ser totalmente desmontado para limpeza.

Serão instalados recipientes Aponix com base giratória para aumentar a exposição à luz e painéis solares para gerar eletricidade, permitindo a passagem da luz. A instalação em crescimento é um modelo híbrido entre luz solar natural e luzes LED adicionais para economizar custos. Em termos de software e Internet das Coisas, a fazenda vertical utiliza diversos sensores que monitoram, entre outras coisas, temperatura, umidade, dióxido de carbono, intensidade de luz, espectro, pH e condutividade elétrica.

READ  Op minder dan 1 jaar tijd 273 ongevallen in VS door autopilot van Tesla | Dirigir

Os sensores são usados ​​para registrar as condições dentro e fora da unidade de plantio e os algoritmos de aprendizado de suporte devem prever estratégias de controle ideais para as plantas.


vista frontal

“Estamos muito animados para desenvolver este projeto piloto nos próximos meses. Vemos isso como um trampolim para lançar uma rede de fazendas verticais em Portugal, mas também em outros lugares do mundo onde o abastecimento de alimentos pode se tornar um problema”, Emiliano Rune notas.

Portugal tem grande potencial
Segundo Emiliano, Portugal está a progredir em muitas áreas, de que são exemplo as organizações de impacto e as startups na economia circular. A agricultura vertical também está ganhando terreno e se tornando amplamente conhecida entre consumidores, restaurantes e partes interessadas. “A fome por produtos locais e sustentáveis ​​entre a comunidade portuguesa e internacional em Lisboa existe e não vai passar tão cedo.”

“Vemos o potencial de transformar o espaço em toda a cidade, de descarbonizar e conectar as pessoas à maneira como cultivam seus alimentos. Há interesse em diferentes tipos de culturas que atualmente são importadas e podem ser cultivadas localmente. Converta-as.”

Transformação em nicho
A startup também está vendo uma demanda crescente por fontes alternativas de proteína e culturas ricas em nutrientes, como tremoço, ervilha e espinafre. Ao se mudarem para este lugar também, continuariam a cultivar ervas aromáticas para chefs e para a comunidade em geral. Novos tipos de culturas também estão sendo explorados, como Physalis.

No futuro, a Raiz Farm quer desenvolver instalações de crescimento sustentável em termos de eletricidade e água, ultrapassando os limites da economia circular, para cultivar alimentos nos centros das cidades. A equipe tem o orgulho de anunciar o apoio da NEAR Foundation, uma organização sem fins lucrativos com sede na Suíça dedicada a financiar o desenvolvimento de ecossistemas.

READ  Na de bosbranden volgen dreigende zaailingen

Para maiores informações:
Emiliano Gutierrez (CEO e cofundador)
fazenda de arroz
[email protected]
www.raiz.farm

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

DETRASDELANOTICIA.COM.DO PARTICIPE DO PROGRAMA ASSOCIADO DA AMAZON SERVICES LLC, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE DE AFILIADOS PROJETADO PARA FORNECER AOS SITES UM MEIO DE GANHAR CUSTOS DE PUBLICIDADE DENTRO E EM CONEXÃO COM AMAZON.IT. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.IT, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZON, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS EM COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO NOSSO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DA AMAZON.IT E DE SEUS VENDEDORES.
guiadigital.info