Quem é Fernando Santos, treinador da seleção portuguesa? Futebol internacional

Na noite de domingo, a Bélgica enfrentará Portugal, de Cristiano Ronaldo e do técnico nacional Fernando Santos. Mas quem é o determinante de 66 anos? foto curta.

Fernando Santos abriu as mangas aos 33 anos, depois de uma modesta campanha como lateral-esquerdo, especialmente no Estoril, sabendo que o melhor ainda estava por vir. Os portugueses que também O engenheiro Nomeado porque se formou na Universidade de Lisboa no início de sua carreira, ele logo estava pronto para colocar suas células cinzentas para trabalhar do sofá. Começou a sua segunda carreira onde a primeira terminou: no Estoril. Demorou quase dez anos a conseguir o primeiro emprego sénior como treinador do FC Porto. Em três anos, ele levou o clube ao título da liga, duas taças e às quartas-de-final da Liga dos Campeões.

Em 2001, mudou-se para a Grécia, que se tornaria sua segunda casa. Ele treinou primeiro AEK e depois Panathinaikos e tem feito turnês entre abrigos gregos e portugueses por dez anos. Entretanto, ingressou no clube de seleccionados treinadores que trabalharam em três grandes clubes portugueses – Porto, Benfica e Sporting.

Embora Cristiano Ronaldo esteja chegando ao auge de sua habilidade e Seleção Em busca de uma lufada de ar fresco, a Grécia trará Fernando Santos como treinador principal em 2010. Desde que conquistou o título europeu em 2004, a seleção grega não passou da fase de grupos de um grande torneio, mas o Santos reverteu isso tendência. Na Euro 2012, a Grécia chegou às quartas de final e na Copa do Mundo no Brasil foi eliminada nos pênaltis nas oitavas de final.

Basta o Santos voltar para sua terra natal e sentar no banco Seleção. Graças ao futebol passivo e ativo, levou Portugal a conquistar o seu primeiro título europeu no Campeonato da Europa em França. Em 2019, Portugal vai ganhar a Liga das Nações. Com mais jogadores bons, mas não necessariamente mais jogando, o Santos parece buscar uma dobradinha incrível.

READ  Stephen Devore: “Quando me machuquei, imediatamente pensei nas pessoas rindo no Twitter” | 90 minutos

Fernando Santos abriu as mangas aos 33 anos, depois de uma modesta campanha como lateral-esquerdo, especialmente no Estoril, sabendo que o melhor ainda estava por vir. O português, também chamado De Ingenieur porque se formou na Universidade de Lisboa no início da carreira, logo está pronto para colocar suas células cinzentas para trabalhar no sofá. Começou a sua segunda carreira onde a primeira terminou: no Estoril. Demorou quase dez anos a conseguir o primeiro emprego sénior como treinador do FC Porto. Em três anos, levou o clube ao título da liga, duas taças e às quartas-de-final da Liga dos Campeões, e em 2001 viajou para a Grécia, que seria sua segunda casa. Ele treinou primeiro AEK e depois Panathinaikos e tem feito turnês entre abrigos gregos e portugueses por dez anos. Entretanto, ingressou no clube de seleccionados treinadores que trabalharam em três grandes clubes portugueses – Porto, Benfica e Sporting. À medida que Cristiano Ronaldo se aproxima do máximo de sua habilidade e a Seleção está em busca de uma lufada de ar fresco, é a Grécia que trará Fernando Santos como técnico da seleção em 2010. Desde que conquistou o título europeu em 2004, a seleção grega tem não passou da fase de grupos de um grande torneio, mas o Santos inverteu essa tendência. Na Euro 2012, a Grécia chegou às quartas de final e na Copa do Mundo no Brasil foi eliminada nos pênaltis nas oitavas de final. Basta o Santos voltar à sua terra natal e sentar no banco da Seleção. Graças ao futebol passivo e ativo, levou Portugal a conquistar o seu primeiro título europeu no Campeonato da Europa em França. Em 2019, Portugal vai ganhar a Liga das Nações. Com mais jogadores bons, mas não necessariamente mais jogando, o Santos parece buscar uma dobradinha incrível.

READ  Anderlecht errou ao expulsá-lo.

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

guiadigital.info