Portugal intercepta voos da Ryanair para Marrocos

1º de novembro de 2021 – 12h07 – Mundial

©

A companhia aérea Ryanair condena o bloqueio dos voos para Marrocos pelo Ministério das Infraestruturas de Portugal e pela Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC).

A companhia aérea low cost afirmou em comunicado que as rotas entre Lisboa e Agadir, Fez e Marraquexe foram “ilegalmente bloqueadas” pelo Ministério das Infraestruturas de Portugal e pela Autoridade Nacional de Aviação Civil (ANAC).

Leia também: Ryanair apresenta três novos voos para Marrocos

A Ryanair considera a medida uma “violação flagrante do acordo aberto da UE com Marrocos. Em resultado desta situação, os voos com mais de 3.000 passageiros portugueses foram cancelados no passado domingo, 31 de outubro. A Ryanair diz que já começou a reembolsar passagens para esses voos.

Leia também: Ryanair abre novas rotas entre Marrocos e Espanha

Porém, de acordo com a Autoridade Nacional de Aviação Civil (ANAC), por lei, a culpa é da Ryanair, que solicitou esses voos com atraso. A ANAC solicitou repetidamente que a companhia aérea irlandesa não fornecesse todos os documentos solicitados.

READ  Hertade da Malhadinha Nova, Allendejo, Portugal

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

guiadigital.info