Gloria Cecilia Narvaes, irmã colombiana raptada, libertada no Mali após 4,5 anos

A irmã de 57 anos, integrante da Congregação franciscana da Bem-aventurada Virgem Maria Imaculada, já havia dado um sinal de vida em março ao escrever uma nota a seu irmão por meio da Cruz Vermelha. A irmã Narvaez escreveu em letras maiúsculas “porque sempre fez”, e os nomes de seus pais aparecem no texto, talvez para estabelecer sua identidade.

Narváez foi sequestrada em 7 de fevereiro de 2017 em Karangasso, no sul do Mali, onde trabalhava como missionária há seis anos. O presidente interino do Mali, coronel Asimi Gueta, conduziu extensas negociações para sua libertação. Ele elogiou a irmã por sua coragem e disse que sua libertação foi “o culminar dos esforços conjuntos de várias agências de inteligência”. Enquanto isso, Guetta cumprimentou Narvaez na platéia (olha a foto)

Nenhuma mais informação foi divulgada. Nem mesmo se um resgate foi pago. De acordo com os primeiros relatos, a mulher está bem de saúde. Narvaez agora viajará para a capital italiana, Roma. Mais de 900 pessoas foram sequestradas no Mali desde 2017, de acordo com ACLED (Armed Conflict Website and Event Data).

READ  Uma ótima simulação que mostra o que Antuérpia poderia ser ... (Antuérpia)

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

guiadigital.info