Battlegrounds processa Apple por cópias

PUBG: Battlegrounds está no centro das atenções desde esta semana. Battle Royale é gratuito para jogar em consoles de jogos e PC.

Mas isso não é tudo o que se pode dizer sobre PUBG: Battlegrounds. A empresa por trás do jogo, Krafton Inc, entrou com uma ação contra a Apple e o Google por obter cópias do jogo em várias lojas de aplicativos.

Desenvolvedor de PUBG: Battlegrounds processa Apple e Google

ação movida Nos Estados Unidos contra as duas empresas. De acordo com a Krafton Inc. PUBG: Battlegrounds foi lançado originalmente em 2017. O jogo é visto como a inspiração para muitos jogos Battle Royale que se seguiram. Sem este jogo, havia pouca chance de fazer jogos como Fortnite e Call of Duty: Warzone. O sucesso, afinal, faz os outros seguirem. Mas em alguns casos é apenas roubo. E esse, segundo a desenvolvedora, será o caso do jogo Free Fire.

Campos de Batalha PUBG
Campos de Batalha PUBG (Foto: Crafton)

Free Fire é um jogo que, segundo a Krafton Inc, foi lançado nas lojas de aplicativos da Apple e Google um tempo depois de PUBG: Battlegrounds. O jogo roubou alguns ativos deste último e, portanto, copiou o jogo. Apple e Google serão beneficiados novamente. Por exemplo, o jogo teria gerado US$ 100 milhões em vendas apenas nos primeiros três meses de 2021. A Krafton Inc poderia ter indicado em dezembro que as vendas do jogo deveriam ser interrompidas. Não é atendido. É por isso que agora foi decidido abrir uma ação judicial.

As vendas devem ser interrompidas

A Krafton Inc agora quer parar de vender uma cópia de PUBG: Battlegrounds. Além disso, agora também está buscando compensação pela perda de receita do jogo, pois os consumidores conseguiram comprar a cópia.

O melhor jogo de arcade clássico chega ao Apple Arcade

Seja o primeiro a responder.

Resposta ao artigo:

Desenvolvedor de PUBG: Battlegrounds processa Apple por cópias

READ  Que telefone você espera em 2022?

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

guiadigital.info