Assista: Kevin De Bruyne chuta o primeiro artilheiro do Chelsea para fora da corrida pelo título | Campeonato Inglês 2021/2022

A batalha da Premier League inglesa acabou completamente? O Manchester City venceu seu primeiro adversário, o Chelsea, pela menor diferença. Kevin De Bruyne marcou o único gol no segundo tempo com um chute de fora da área. O City está agora 13 pontos à frente do Chelsea e já sente o cheiro de um novo título.

Uma partida importante. Ele já esteve bem enraizado no Chelsea antes, mas isso também pode ter lhe dado mais coragem. O goleiro Kepa ficou satisfeito porque uma falta rápida resultou em apenas um escanteio e nenhum gol contra.

Romelu Lukaku também parecia estar lutando para deixar sua marca contra o líder, a moagem de seus críticos. O Diabo Vermelho mal tocou a bola 9 vezes no primeiro tempo. No entanto, ele teve a melhor chance para o Chelsea antes do intervalo, mas seu passe para Ziyech – que também estava fora de jogo – não foi suficiente para arranhar.

O Manchester City assumiu aos 20 minutos com uma exibição dominante. Mas o City também lutou para aumentar as chances, apesar de vários chutes nas costas da defesa do Chelsea. Grealish só teve uma excelente oportunidade antes do intervalo, depois de um bom trabalho, mas agora Kepa estava errado: 0-0 a meio do jogo.

Lukaku erra e retribui De Bruyne

Quinze minutos de reflexão pareceram valer a pena, porque o invasor realmente ganhou força no segundo tempo. O Chelsea, que não havia chutado a gol antes do intervalo, de repente chegou perto três vezes.

Mais uma vez, Lukaku teve a melhor oportunidade dos visitantes, mas Ederson conseguiu defender o seu remate no canto esquerdo. O Diabo Vermelho se agarrou: perder oportunidades para os times de ponta não iria machucá-lo novamente, certo?

A senhorita provou extra, quando De Bruyne mostrou como deveria ser feito do outro lado. O craque belga cobrou falta, mas disparou momentos depois.

De Bruyne evitou uma interferência de Kanté, correu 20 metros e depois rematou de forma soberba no canto direito. Kiba tinha acabado de se afastar e não conseguiu alcançar a bola do local.

Chelsea pareceu se endireitar após o sacrifício, mas sem sucesso. O City vence de forma dominante e isso também se traduz na classificação: 13 pontos à frente com 16 jogos restantes. O quarto título nacional foi conquistado em 5 anos?

O belo gol de De Bruyne:

  1. A segunda metade, o minuto 94, o jogo acabou
  2. A segunda metade, o minuto 93. O fim. O Manchester City volta a vencer com a menor diferença do Chelsea. Agora Red Devil Kevin De Bruyne é o vencedor do jogo da equipe da casa. Romelu Lukaku ficará desapontado porque teve as melhores oportunidades para os visitantes. O City já está 13 pontos à frente do Chelsea. .
  3. No segundo tempo, aos 89 minutos. Gabriel Jesus ainda enche o City. Ele marcou o único gol na primeira mão em Stamford Bridge. .
  4. No segundo tempo, aos 89 minutos, Ederson teve que sair da própria rede para parar Lukaku. O brasileiro direciona a bola para longe do nariz do diabo vermelho. O Chelsea teve apenas alguns minutos para se preparar. .
  5. O segundo tempo, aos 88 minutos. Substituições no Manchester City, Gabriel Jesus dentro e Phil Foden fora
  6. No segundo tempo, aos 86. Parece que o City está mais perto do empate por 2 a 0 do que o Chelsea. De um ângulo agudo, Grealish tenta superar Kepa novamente. .
  7. No segundo tempo, aos 85. Kevin De Bruyne pode descansar no banco. Red Devil recebeu uma salva de palmas. Cabe aos seus companheiros vencer. .
  8. No segundo tempo, aos 85. Foden explodiu. Com um pouco de sorte, ele empurrou Sterling para frente e se rendeu a Foden. De Bruyne estava pronto para atacar, mas Foden era rápido demais para ele e mirava. .
  9. A segunda metade, o minuto 84. Substituição no Manchester City, Ilkay Gundogan dentro, dirigido por Kevin De Bruyne.
  10. O segundo tempo, o minuto 82. O Chelsea ainda tem 10 minutos para colocar as coisas em ordem. A pista para Hudson-Odoi é inteligente, a próxima pista é menos bonita. O Mason Mount alternativo pode definir o tom? .
  11. Segundo tempo, minuto 81. Substituição no Chelsea, Mason Mount dentro, saída de Marcos Alonso
  12. Segundo tempo, minuto 80. O Chelsea certamente ainda não desistiu. Lukaku é procurado no poste distante, mas Werner no poste distante teria sido uma opção melhor. & nbsp; .
  13. Segundo tempo, minuto 79. Foden tenta demitir Sterling, mas Rüdiger e Thiago Silva o mantêm travado. Portanto, não há passe livre para o atacante inglês. .
  14. O segundo tempo, minuto 77. O Chelsea lambe as feridas por um momento e agora tenta formar outro grupo. Ele ainda tem quinze minutos para evitar a derrota. .
  15. A segunda metade, o minuto 74. O Etihad Stadium grita com cada ação de De Bruyne. Agora o Diabo Vermelho vê uma escotilha à direita, mas Silva ainda pode impedir isso. .
  16. No segundo tempo, aos 71. De Bruyne marcou! Kepa não vê a bola chegar e De Bruyne a usa com avidez. Ele evita a interferência de Kanté e, em seguida, chuta de forma soberba para o canto direito. .
READ  Peter Vandenbett: "O próprio Eden Hazard é o principal culpado da trágica história" | Plataforma

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

guiadigital.info