A Sérvia conta com o jogador de alto nível Mitrovic para manter Portugal de lado

O ex-atacante do RSC, Anderlecht, de 27 anos, está atualmente marcando de olhos fechados pelo Fulham FC da segunda divisão inglesa e pela seleção nacional, em busca de uma nova marca para a Copa do Mundo.

Empate a zero com a Irlanda, ainda não teve isso em conta em Portugal nas eliminatórias do Grupo A para o Mundial no Qatar, no ano que vem. Cristiano Ronaldo e as suas co-estrelas mantiveram-se no topo após nove dias de jogos (combinados), mas apenas com base no melhor saldo de golos em relação à Sérvia. Os dois países somam 17 pontos com 16-4 contra 16-8 a favor da equipe de Fernando Santos. Na noite de domingo, o estádio do Sporting Lisboa preparou-se para um confronto sem dúvida acirrado com as forças do seleccionador nacional Dragan Stojkovic.

Empate a zero com a Irlanda, ainda não teve isso em conta em Portugal nas eliminatórias do Grupo A para o Mundial no Qatar, no ano que vem. Cristiano Ronaldo e as suas co-estrelas mantiveram-se no topo após nove dias de jogos (combinados), mas apenas com base no melhor saldo de golos em relação à Sérvia. Os dois países somam 17 pontos, 16-4 a 16-8 para a equipe de Fernando Santos. Na noite de domingo, o estádio do Sporting Lisboa preparou-se para um confronto sem dúvida acirrado com as forças do seleccionador nacional Dragan Stojkovic. ), Stefan Mitrovic (anteriormente KV Kortrijk e KAA Gent, agora Getafe CG), Uros Spajic (anteriormente RSC Anderlecht, agora FK Krasnodar) e Sergej Milinkovic-Savic (antigo KRC Genk, agora Lazio) fazem parte da equipe, mas é claro todos os olhos estão voltados para a máquina de gravação Alexander Mitrovich. Águas turbulentas ainda, mas uma garantia de gols. Em seus últimos 12 jogos com a Sérvia, ele marcou nove gols e deu três assistências, e esses são alguns grandes números. Também é notável que o jogador de 27 anos ainda seja o maior artilheiro do país desde sua estreia em 2013 com a equipe Orlovy (Eagles), onde marcou 43 gols em 68 partidas. Uma média surpreendente de 0,63, que supera outros nomes famosos do passado, como Stjepan Bobek (38 em 63, 0,60, entre 1946-1956), Milan Galic (37 em 51, 0,73, 1959-1965), Blagoje Marjanovic (37 ) em 58, 0,64, 1926-1938) e mais recentemente Savo Milosevic (37 em 102, 0,36, 1994-2008) Londres, onde atualmente desfrutam de sua produção no Fulham FC. Nada menos do que vinte gols em dezessete jogos da Premier League nesta temporada, colocando o clube em chamas. Até o seu treinador Marco Silva já desistiu. O português, que normalmente não gosta de elogiar um jogador individual, cobriu-o de elogios. Metrogol está no seu melhor, mas o treinador gosta da nuance de apontar o interesse da equipa. “Temos um objetivo comum. Alcançar o sucesso no final da temporada. Os gols de Mitro, Rodrigo Muniz, Harry Wilson ou Bobby de Cordova-Reed sempre serão fruto de nossa atuação coletiva.” Na última temporada, o atacante inglês de 25 anos marcou 33 gols em 48 partidas pelo Brentford. O próprio sérvio se recusa a focar nisso e prefere falar clichês durante entrevistas com a mídia inglesa sobre “gravar o máximo possível”. Em um aspecto específico, Mitrovic se distingue de seus rivais na Premier League. Nenhum atacante chuta mais em direção ao gol do que o atacante. Ele ressalta que Mitrovic joga com confiança, com um time que joga futebol para se divertir e que marca muitos gols. “Alexander é muito, muito importante para nós”, disse Silva. “Quando ele quer marcar e pode estar no lugar certo, todos trabalham duro para ele. Seus gols são basicamente o resultado de uma preparação adequada. Claro que é uma grande ajuda para nós ter um jogador assim. Então você não vai ouvir eu reclamar.

READ  Os Jogos Grand Cru da Bélgica: "Medalhas nos principais esportes e sucesso em todas as áreas" | as Olimpíadas

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

guiadigital.info