A escola ou creche está causando cada vez mais poluição

Nos últimos sete dias, 1.872 crianças de 5 a 9 anos tiveram resultado positivo. Este é o maior número desde Números semanais Em 4 de maio, há mais de quatro meses. Em comparação com a semana passada, o número de casos de coronavírus nessa faixa etária aumentou cerca de 10 por cento e o número triplicou em um mês. Além disso, 2.091 crianças entre 10 e 14 anos foram infectadas. Este é o maior número desde 11 de maio.

O número de testes positivos diminuiu em quase todas as outras faixas etárias.

Fonte de infecção na escola ou creche

Nem todas as pessoas com teste positivo sabem onde contraíram o vírus. Das pessoas que o criaram, a escola ou creche foi a fonte em um em cada cinco casos. O vírus geralmente é transmitido apenas em casa. Nos números da semana passada, escolas e creches foram a “fonte de infecção” para 12,5% das pessoas, na semana anterior para 3,5%. Há uma semana, durante as férias de verão, era de 0,8 por cento.

Os funcionários também ficaram feridos

Não são apenas as crianças infectadas. Na semana passada, 633 funcionários de escolas e creches deram resultado positivo. Este é o maior número desde o final de julho, logo após o início das férias de verão. Na semana passada, o RIVM relatou 541 testes positivos na profissão, uma semana antes de 334.

Por: ANP

READ  Idade, sexo e peso corporal (IMC) afetam a proteção da vacinação

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

guiadigital.info