A Agência Mundial Antidopagem (WADA) tem a certeza: “A Ucrânia está trapaceando em amostras de dopagem” | Mais esportes

Mais esportesA Agência Mundial Antidopagem (WADA) afirma ter “evidências convincentes” de que a Ucrânia trapaceou em amostras de dopagem. Por exemplo, amostras coletadas durante competições podem ter sido classificadas como amostras não competitivas. Então, menos material é banido do que durante a competição.




A Agência Ucraniana Antidopagem (NADC) também notificou os atletas com antecedência sobre os testes antidoping, o que também é proibido. Isso pode ser lido no estudo “Operação Hércules”.

“As evidências indicam que o NADC costumava adotar essa prática em grandes eventos internacionais e havia momentos em que uma equipe nacional inteira estava presente no NADC aguardando o teste”, disse o investigador principal da WADA, Gunther Younger. Na preparação para as Olimpíadas de Tóquio, pelo menos seis amostras de doping das competições foram designadas como amostras aleatórias.

De acordo com a WADA, a Operação Hércules “levantou sérias questões sobre a integridade das práticas de teste do NADC e a competência de certos funcionários”. Além disso, a Agência Antidopagem da Ucrânia enfrenta “falhas regulatórias”, de acordo com a Agência Mundial Antidopagem.

A Agência Mundial Antidopagem acredita que as práticas estão em andamento desde 2012. O relatório não citou os atletas.

READ  Portugal é campeão mundial pela primeira vez no futsal depois de um jogo emocionante contra a Argentina | Futsal

We will be happy to hear your thoughts

Leave a reply

guiadigital.info